CARUTAPERA: Guarda municipal denuncia perseguições sofridas pela classe

O guarda municipal, servidor público do município de Carutapera, Jorlivan Fontes, esteve terça-feira (13/11) do corrente ano, na tribuna da Câmara Municipal de Vereadores de Carutapera, denunciando às perseguições que ele e seus colegas guardas municipais vêm sofrendo por parte da Prefeitura Municipal de Carutapera, onde disse “que após as eleições de primeiro turno do corrente, houve na corporação uma repartição e perseguição aos companheiros de farda mesmo”. Citou o caso do guarda conhecido como “Bode”, que reside na comunidade de Ilha de Fora, segundo apurou o blog, eaté servidor foi transferido para exercer suas atividades na Escola Moacir H dos Remédios (Centro de Carutapera); guarda Vavá do Livramento e do seu próprio caso, conforme consta no vídeo abaixo. Relatou ainda o relevante trabalho desempenhado pela corporação no município, mesmo não sendo respaldado pela lei e nem os guardas tendo fardamento adequado para desenvolver bem suas missões. As cobrança do guarda Jorlivan se referem a luta da classe pela aprovação do estatuto municipal da categoria. Vale a pena lembrar que o funcionário acima, foi candidato a vereador ao lado do atual prefeito André Dourado (PR), obtendo a expressiva votação de 398 votos, mas por não concordar com as práticas do atual governo, o mesmo tem feito críticas construtivas e em decorrência das suas atitudes vem sendo vítima de perseguições. Esperamos que o Poder Legislativo Municipal possa representar o povo nessa demanda tão importante, e que esse tão sonhado estatuto seja aprovado e os guardas possam ter todos os seus direitos garantidos, e que estes servidores não sejam vítimas da perseguições de um governo autoritário.

Veja o vídeo abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *