Colisão frontal entre carro e Moto deixa um morto em Estreito-MA

Acidente aconteceu no km 116 da BR 010 — Foto: PRF/DivulgaçãoUma colisão frontal no km 116 da BR 010, na cidade de Estreito-MA, a 756 km de São Luís-MA, deixou uma pessoa morta na noite deste sábado (16). O acidente envolveu uma Hilux e uma moto Honda Titan, onde o condutor da moto acabou falecendo no local.

Segundo a PRF, o motociclista ainda não foi identificado. Ainda não foi divulgado quantas pessoas estavam no veículo e qual o estado de saúde exato de quem conduzia a Hilux.

Fonte: G1MA

Parentes e familiares se despedem de João Miguel

O corpo do garoto João Miguel desembarcou na noite de ontem (14), em Imperatriz e chegou em Buriticupu na madrugada desta sexta-feira (15).
Parentes, amigos e vizinhos se fizeram presente no velório da criança, que acontece na residência da família.
Professores da escola onde João Miguel estudava, também estiveram presente e prestaram as últimas homenagens.
João Miguel morreu na quarta-feira (13) em um hospital de Goiânia, onde estava internado desde novembro do ano passado. Ele teve 60% do corpo queimado em uma carvoaria no município de Buriticupu.
Nos últimos dias, João Miguel apresentou um quadro de infecção e teve uma parada cardíaca.
O enterro está marcado para a manhã deste sábado (16).
Fonte: Mídia São Luis

Jovem morre eletrocutado ao usar celular carregando, no Maranhão

Um jovem de Santa Quitéria do Maranhão morreu nesta semana enquanto usava o celular carregando na tomada.

A vítima foi identificada como Lucas Hendyson. No momento da tragédia, chovia na região e uma das hipóteses é a de que um raio possa ter causado um curto circuito.

O jovem ainda foi socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu.

Fonte: O Estado

Criança que teve o corpo queimado em carvoaria morre em Goiânia

O menor João Miguel, que teve o corpo queimado numa carvoaria em Butiricupu, morreu hoje de manhã, quarta-feira, dia 13, em hospital para tratamento de queimados, em Goiânia.

Levado para um centro especializado em tratamento de queimados em Goiânia, desde novembro do ano passado, o menor de cinco anos teve os pés e mãos amputados.

Quando esteve hospitalizado em Imperatriz, a criança teve que cortar as pontas dos dedos. Ele teve queimaduras graves quando estava em uma carvoaria com o pai, na cidade de Buriticupu.

João Miguel chegou a ter quadro de melhoras evoluído no seu quadro de saúde, chegando a não usar mais aparelhos para respirar.