Delegado tem mandado de prisão preventiva decretada por corrupção em Esperantinópolis

Em operação realizada na tarde desta quarta-feira (8), a Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor) cumpriu um mandado de prisão preventiva contra o delegado Idaspe Perdigão, que atua no município de Esperantinópolis. Suspeito de irregularidades envolvendo veículos e procedimentos na delegacia, Perdigão deve ser encaminhado para São Luís nas próximas horas.

No dia 17 de julho, a Seccor efetuou a prisão do carcereiro Raimundo da Silva Barros e do funcionário municipal Ronaldo de Sousa Santos, suspeitos de participação nas vendas de
motocicletas que cavam apreendidas no pátio da Delegacia de Esperantinópolis. Além disso, os detidos são suspeitos de pedirem dinheiro a vários parentes de presos, em troca da liberdade dos mesmos.

Fonte: Neto Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *