Secretaria de Segurança vai gastar R$ 3 milhões em manutenção predial

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) vai gastar cerca de R$ 3.074.795,75(três milhões, setenta e quatro mil, setecentos e noventa e cinco reais e setenta e cinco centavos) em manutenção predial.

O órgão estadual, segundo o Diário Oficial do Maranhão, firmou o contrato milionário com a empresa Ação Construções e Comércio Ltda, que é de propriedade de Carlos Alberto Marques Pinheiro e Eliane Albuquerque Marques Pinheiro.

O acordo contratual foi assinado no dia 5 de julho e tem prazo de validade de 12 meses.

Fonte: Neto Ferreira

Grave acidente entre caminhão e carreta na BR-135

Um grave acidente foi registrado nessa segunda-feira (16) na entrada da cidade de Santa Rita, na BR-135.

Segundo as informações preliminares, a colisão ocorreu entre um caminhão e uma carreta. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal já se deslocou para o local.

Foi informado também que o motorista de um dos veículos foi retirado por populares. Não há informações sobre mortes.

Fonte: Neto Ferreira

Ex-prefeito de Tutóia é condenado na Justiça Federal por improbidade

Ex-prefeito foi condenado

O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão conseguiu, na Justiça Federal, a condenação do ex-prefeito de Tutoia (MA), Raimundo Nonato Abraão Baquil, mais conhecido como Diringa, por conta de irregularidades na administração e prestação de contas de recursos públicos Fundeb, recebidos em 2009.

Além do ex-prefeito, a ex-secretária de educação, Daisy Filgueiras Lima, também foi condenada.

Segundo o MPF, os gestores utilizaram os recursos do Fundeb sem o devido procedimento licitatório e sem a documentação que comprovasse a realização dos gastos públicos, o que constitui ato de improbidade administrativa.

Diante disso, a Justiça Federal determinou que o ex-prefeito de Tutoia (MA) Raimundo Nonato Abraão Baquil e a ex-secretária municipal de educação do município Daisy Filgueiras Lima Baquil tenham os direitos políticos suspensos pelo prazo de três anos e sejam proibidos de contratar com o Poder Público ou receber benefícios fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo mesmo prazo. Além disso, devem pagar multa civil no valor correspondente ao dobro da maior remuneração recebida durante o mandato.

Fonte: Luis Pablo

Fake news, quem são o administradores e quem os sustenta?

Por determinação do juiz federal Clodomir Reis, membro do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), foram deferidas liminares para a retirada do ar de fakes news do Facebook que foram criados com a única finalidade de desconstruir a imagem da pré-candidata ao Governo do Estado, Roseana Sarney. Quem são eles? Quem os sustenta?  Quais penalidades sofrerão?

Cansada de apanhar de manhã, de tarde e nas madrugadas, a ex-governadora Roseana Sarney, através de suas advogadas Anna Graziaella Neiva e Mariana Heluy, protocolou cinco ações, sendo todas deferidas pelo juiz federal, que determinou a retirada do ar das contas dos bandidos virtuais.

O juiz pediu ainda informações da empresa sobre a identidade de cada responsável pela fake. Seria bom que a sociedade soubesse quem são os criminosos, que os contrata e quanto estão recebendo. Se o dinheiro for público, que seja denunciado o contratante, que acaba sendo o principal responsável pelo crime.

Os perfis, no entendimento do magistrado, extrapolam os limites da liberdade de expressão e, por isso, determinou ao Facebook a retirada do ar.

Fonte: Luis Cardoso

Membros de facção criminosa entram em confronto com rivais em São Luis

Uma das maiores facções criminosas com 20 membros encapuzados e armados foi neste final de semana ao confronto com rivais no Tibiri, zona rural de São Luís, resultando na morte de um adolescente de 15 anos e na prisão de vários outros. Até a divulgação agora da informação, às 10h26, os nomes não tinham sido liberados.

Segundo moradores da área do Tibiri, o clima era de guerra e o pânico se instalou no local. Além de encapuzados, os membros da fação usavam coletes balísticos e também faças e ameaçavam matar os rivais.

No final, o resultado foi um menor de 15 anos morto no local do crime e a prisão de três elementos.

Fonte: Luis Cardoso