Juiz manda soltar três presos na operação que desarticulou quadrilha de contrabandistas

Presos na operação que desbaratou quadrilha de contrabandistas; alguns foram soltos, outros continuam presos. 
O juiz federal Luiz Régis Bomfim Filho, no plantão judicial, determinou na tarde deste sábado (24) a liberdade de três dos envolvidos com a quadrilha de contrabandistas desbaratada pelo polícia maranhense.
Foram soltos Rodrigo Santana Mendes, Eder Carvalho Pereira e Edmilson Silva Macedo, considerados peças de menor importância dentro do esquema que levou para a cadeia um delegado de polícia, oficiais e praças da PM e políticos.
Um dos soltos, Edmilson Silva Machado, era o condutor da Van que transportava os estivadores, de São Mateus para o sítio onde ficava a carga contrabandeada.
– Meu cliente não sabia de nada. Era apenas contratado para transportar as pessoas, recebendo por isso – explicou o advogado Osmar Neres Júnior, responsável pela soltura de Edmilson.
Os outros dois são estivador e caseiro do sítio na zona rural de São Luís.
Na mesma decisão, o juiz Luiz Régis validou os demais atos da justiça maranhense no caso, mantendo a prisão de todos os demais envolvidos.

Igrejas são alvos de bandidos na região da Forquilha, em São Luís

Igreja católica já foi arrombada três vezes, na Forquilha.

Os frequentadores da igreja Nossa Senhora das Grtaças, no bairro Forquilha, em São Luís, reclamam da violência crescente. O último arrombamento foi no dia 28 de fevereiro. O prejuízo foi grande, pois aparelhos eletrônicos entre outros bens foram furtados da igreja.

– Em torno de R$ 5 mil (o prejuízo). Tivemos que fazer todo o reparo. Colocar grades novamente, trocar cadeados e portas – disse o coordenador do Conselho Comunitário do bairro, Norman Lopes.

Esta é a terceira vez que a igreja sofre com arrombamentos. Segundo os fiéis, os bandidos agiram de forma parecida. Eles assistam a missa e depois ficam escondidos. Depois de tudo fechado, sem ninguém por perto, eles cometiam o crime.

Ainda na Forquilha, a igreja São José da Providência, também sofreu com situação parecida. Assim como a Assembleia de Deus. A igreja evangélica tem grades reforçadas e cerca elétrica, mas mesmo assim foi assaltada.

– Mesmo com o sistema de segurança ainda tem assalto. Os bandidos cortam os fios elétricos. Recentemente levaram cadeiras e lâmpadas. Então a gente nunca está seguro – disse a educadora física Késia Ribeiro.

A resposta da Secretaria de Segurança Pública (SSP) foi vai reforçar o policiamento na área.

Fonte : G1MA

Dois envolvidos na invasão de unidade da PRF são presos em Açailândia

Dois criminosos foram presos e confessaram participação no ataque que aconteceu na noite de sexta-feira (23), na Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Açailândia, com o objetivo adquirir armas e coletes balísticos para serem usados em arrombamento de caixas eletrônicos e roubo a bancos.
Na ocasião, o bando de seis meliantes disparou tiros contra o posto policial. Poucos minutos antes de atirar na UOP, os seis assaltantes, invadiram uma base da Polícia Militar localizada na BR-222, em Pequiá, no município de Açailândia, e levaram refém um policial militar que estava no local, Cabo Frank, fugindo numa viatura da PM, mas abandonaram a viatura com o policial, que passa bem.
Logo em seguida, um grande aparato policial foi montado, com equipes de policiais civis e militares de São Luís, Imperatriz, Santa Inês, Dom Eliseu (PA) e Belém (PA). Deu-se início a caçada aos assaltantes, sendo o deslocamento de algumas equipes realizado por estradas vicinais ou mesmo a pé pelo mato.
De acordo com a PRF, uma verdadeira caçada, junto com outras forças policiais, está sendo feita afim de prender a quadrilha em Açailândia.
Um dos bandidos capturados, Paulo André, entregou os demais comparsas.  Ele saiu há um mês saiu da prisão, onde cumpria pena por porte ilegal de arma de fogo.
Ele disse que através de seu comparsa teve contato com outros quatro bandidos que vieram de Goiânia (GO). Estavam tentando arrecadar armas e caminhonetes para roubarem caixas eletrônicos.
Os criminosos foram encaminhados para autoridade policial para as providências devidas. A Polícia preserva os nomes para não atrapalhar as investigações.
A PRF informou que a qualquer momento poderão acontecer novas prisões de outros envolvidos.

Médico morre após ser atropelado na MA-204, em São Luís

Médico Luis Carlos Cantanhede morreu após ser atropelado na MA-204

O médico Luis Carlos Cantanhede, de 56 anos, foi atropelado na manhã deste domingo, na MA-204, na Ilha de São Luís. O motorista, identificado como Gilson Carlos Barros Ferreira, de 32 anos , foi autuado por dirigir embriago e levado para o plantão do Maiobão.

De acordo com a Companha de Polícia Militar Rodoviária (CPRV), o acidente ocorreu por volta das 8h e a pista estava molhada por causa da chuva. O motorista realizou o teste de alcoolemia por duas vezes, em ambas foi indicado o consumo de bebida alcoólica.

Luis Carlos era urogologista e praticante de ciclismo. No momento do acidente, o médico estava de bicicleta em direção ao Santuário de São José de Ribamar.

Jovem acaba de ser morto a tiros em Cândido Mendes.

jovem e morto a tiros em Cândido Mendes.

Um jovem ainda não identificado,  foi morto a tiros nesse sábado (24.03), em Cândido Mendes.

Suspeito de terem efetuados os disparos ainda não foram identificados.

Segundo informações repassadas ao blog,duas pessoas armadas em uma moto Bros,dispararam contra o seu alvo e fugiram em alta velocidade logo em seguida.

 

Até a publicação desta matéria, nenhum suspeito tinha sido identificado.