Candidata laranja que recebeu R$ 600 mil e obteve apenas 160 votos tem o Bolsa família

A candidata a deputada estadual na eleição de 2018, Marisa Rosas (PRB) tem o nome inscrito como beneficiária do Bolsa Família e embolsa todos mês cerca de R$ 135,00. Ela recebeu durante a campanha quase R$ 600 mil por determinação do presidente do diretório estadual do partido, deputado federal Cleber Verde. 

Como a candidata que ganhou mais de meio milhão de reais para a campanha obteve apenas 160 votos, conclui-se que o dinheiro não foi usada apenas por ela, mas para injetar em candidaturas mais fortes, como a de Verde que se reelegeu deputado federal. Pelo estatuto do partido, é permitido que um candidato ajude o outro.

Ela justifica os gastos com uma gráfica da cidade de Tuntun, onde teria feito 9 milhões de santinhos, quantidade superior ao número de 7 milhões de habitantes no Maranhão inteiro e mais  1 milhão de bottons.

Mas o pior foi saber que a candidata laranja recebe do Bolsa Família, mesmo tendo uma empresa que comercializa flores e bombons na cidade de São José de Ribemar.

Marisa Rosas deve ser investigada pela Polícia Federal para explicar os gastos ou com quem dividiu ou deu a maior parte do dinheiro, além de ser desligado do benefício do governo.

Fonte: Luis Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *