Empresário mata esposa e filha, e depois recorre ao suicídio

Primeiro ele esfaqueou a filha menor de quatro anos ainda dentro do carro, em seguida foi até ao hospital onde trabalhava a esposa médica. O casal discutiu e ela saiu correndo por uma rua. Ele a matou e suicidou-se segundos depois.

O fato aconteceu nesta madrugada de sábado, na cidade mineira de Araguari. O empresário Thiago José Aquino, 39 anos, correu atrás da mulher Mariana Paranho com o carro para atropelar, mas acabou batendo em um poste.

Ele desceu do carro e conseguiu agarrá-la, passando a esfaquear a esposa até a morte. Sem parar, começou a meter a faca na própria barriga. Quando os policiais chegaram ao local, o casal estava morto. A surpresa veio quando encontraram a menina esfaqueada dentro do carro, que foi levada a um hospital e veio a óbito.

Depressivo, o marido da médica assassinada vinha apresentado cenas de ciúme doentio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *