Exagero faz PM do Ceará matar duas crianças feitas reféns durante assalto a banco; 10 bandidos morreram

O tiroteio durou apenas 20 minutos entre os PMs e 15 assaltantes que atacaram dois bancos na mesma cidade e fizeram várias pessoas de reféns para fugir aos cerco policial. O saldo foi trágico quando encontraram entre os mortos duas crianças indefesas.

No Maranhão, que teve um assalto histórico no dia 25 de novembro passado a uma agência do Banco do Brasil em Bacabal, a perseguição aos bandidos foi feita na mesma hora, mas reinou a prudência e em nenhum momento policiais atiraram com risco de matar pessoas inocentes feitas reféns. São pessoas foram assassinadas na troca de tiros, quatro baleadas e sete presas. A caçada ao restante do grupo continua.

O assalto começou por volta das 3h da madrugada e por causa da pronta atuação da polícia não foi exitosa a operação para os bandidos. Além de perder a maioria dos membros da quadrilha, não conseguiram levar nada.

Mas a ações do Novo Cangaço, como ficou conhecida agora a ação dos assaltantes de bancos no Nordeste, na cidade de Milagres não parou por aí. Outros membros do mesmo grupo tentaram dinamitar outra agência bancária. Um homem portando um colete à prova de balas foi encontrado morto dentro de um carro quando estava tentando fugir.

Em todas as duas tentativas, os bandidos estavam armados com fuzis, pistolas, espingardas e explosivos.

Fonte: Luis Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *